Discurso verdadeiro

Imagem de Amostra do You Tube

Em tempos em que estamos preocupados com o aquecimento global, onde são realizados mais e mais convenções, onde milhares de cientistas dizem o que o ser humano é um fator preponderante nas mudanças climáticas (outros não), alguns países aderem ao tratado que delimita a quantidade de emissões de gases nocivos na atmosfera, outros fazem faixada. Mostram que a economia não pode deixar de crescer, deixando implícita a oração: “custe o que custar”. Será que somos mesmo responsáveis pelo aquecimento global? Será que é mais um ciclo natural de nosso planeta?

São perguntas interessantes que nem precisariam ser respondidas para que já estivessemos tomando as providências devidas, simples condutas de EDUCAÇÃO. Assim, muito dos problemas já estariam sendo amenizados.

Encontramos este video na internet de uma menina chamada Severn Suzuki, participante de uma das Convenções mais importantes no âmbito do meio ambiente – A ECO 92, trazendo aos adultos, que dela participavam, um pedido típico de criança. Assistamos seu discurso e façamos um juízo de valores sobre o que podemos fazer ainda para garantir o futuro das crianças que são o sempre esperado (mas nunca ouvidos e priorizados) “futuro das nações”.




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

A questão dos sacos plásticos que estão sendo oferecidos pelas grandes redes de supermercado
está se generalizando.
Essa é uma boa notícia mas aqui na Europa as grandes cadeias de supermercados aboliram os sacos plásticos os quais estão sendo substituídos, gratuitamente, quando avariados por sacolas recicláveis. Naturalmente temos que pagar Euro 0,10 por unidade.
Isso pode ser uma solução pois a verdade os sacos plásticos e mesmo essas novas sacolas, bem maiores servem para carregar dezenas de embalagens EM PLÁSTICO como pacotes de manteiga,bandeja de todos os produtos congelados e assim por diante. Quando sabemos que o plástico levará, segundo cálculos dos entendidos,300 para desaparecer, mesmo no fundo do mar, temos em consequência que trabalhar também a fundo para eliminar todas as embalagens para um novo tipo de material reciclavel.

O homem precisa acostumar com a ideia do fim do mundo, ela é inevitavel embora estejamos a antecipando; é um ciclo natural e inexoravel.

Comente este artigo

(obrigatório)

(obrigatório)